Virando Mocinha…

Engraçado como o tempo vai passando e eu vou aprendendo a virar mocinha.

Quando eu tinha meus 14 anos,  a ultima preocupação que vinha na minha cabeça era o fator aparência.(Digo ultima porque eu só me preocupava realmente em tempo de festas, que era quando eu realmente tinha que aparecer decentemente.)

E como aconteceu com a maioria das meninas, foi com o aparecimento do primeiro namoradinho que as coisas começaram a mudar. Comecei a me preocupar com a maquiagem, depois com roupa e assim sucessivamente.

Hoje com meus 24 anos, ainda me sinto como uma menininha virando mocinha, mas de uma maneira um pouco diferente.

Todos os dias eu aprendo algo de novo.

Hoje por exemplo:

Eu aprendi que apesar de tentar ser uma pessoa controlada emocionalmente, eu me abalo muito fácil com mudanças drásticas.

Entendi ainda mais um pouco que ficar chateada e a coisa mais normal do mundo e é um direito que todo mundo tem!

Vi que eu amo os meus amigos e que sem eles eu não seria tão forte quanto eu sou hoje.

Que cada pessoa tem seu jeito especial de ser.

E por ultimo, mas não menos importante(risos): Que eu preciso urgentemente deixar de ser preguiçosa e investir mais nos meus cabelinhos. Comprar uns produtos pra tratar melhor deles, porque ta ficando triste a situação! kkk

Post dedicado aos melhores amigos do universo e a “gata mais gata” com as madeixas mais lindas do universo!

 

Por que as pessoas vêem a moda de uma forma tão superficial?

Quando as pessoas perguntam do que eu gosto, e eu digo que gosto de moda, as primeiras perguntas que surgem são sobre as marcas, o modo que eu me visto e maquiagem.

Como são as perguntas?

  • Você só gosta de roupas de marca?
  • Ah, mas se você gosta de moda, porque você não se veste assim todos os dias?(essa e terrivelmente inacreditável!)
  • Sobre maquiagem.(Essas vem mais das meninas.)
  • Porque as roupas são tão caras?
  • Você gosta de moda porque quer ser igual as pessoas ricas?(A numero 1º no top perguntas mais idiotas!)

Como são as pessoas que fazem essas perguntas?

Geralmente são pessoas boas e curiosas sobre o assunto e que querem entender mais sobre o assunto,  mas com certeza haverá aquelas pessoas sem propósito ou com pobreza de espírito (que não tem nada haver com a condição financeira, já que nos sabemos que também existe ricos com pobreza de espírito.) que só sabem falar e desejar mal a vida dos outros.

Uma dica para lidar com a pequena parcela de pessoas que irão te perguntar só pra te irritar: Não perca seu tempo com elas!

(Esse e um post teste que foi tirado do meu caderno de anotações.)

Madonna no Super Bowl!!!

(Foto retirada do Papel Pop)

Serio, eu não consigo parar de ver a apresentação da Madonna no Super Bowl!

Uma apresentação linda, dançante, não parecia o encerramento de um campeonato, parecia uma turnê.

Lógico que ela tinha que começar com Vogue (só pra acabar comigo!), depois teve Music, Party Rock Anthem e Sexy and I know it com LMFAO, Give Me All Your Luvin (que e a musica nova!) e pra fechar com chave de ouro (um das musicas mais cantadas por mim e pelas minhas amigas nos karaokês…) Like A Prayer!

Mas e claro que tem todo aquele Bafafá de que ela usou Playback, mas pêra lá! Olha o nível da apresentação da tia, na minha idade eu desejo ter metade da energia que ela tem, e todo mundo sabe que a Madonna canta bem, entonces…

Ai, assisti ai e só admira, pronto!

O que levar em consideração na hora de investir em algo de grife?

 

Todo mundo sabe como e super fácil comprar qualquer coisa que desejar, a partir do momento que se tem dinheiro, certo?

Mas porque não fazer o seu dinheiro (que na maioria das vezes e suado e batalhado!) valer mais a pena na hora de fazer aquela comprar super bafho dos seus sonhos?

Como eu sou muito chata pra comprar, sei que fico mil vezes pior quando vou fazer um investimento desse nível! Eu sei que se fosse uma compra normal eu levaria mais de boa, mas quando envolve moda eu não consigo pegar leve.

Lembro que quando quis fazer o meu primeiro investimento de moda, eu namorei, mas namorei tanto a bolsa, que do momento em que eu decidi o que queria, até comprar levou 2 anos! (normalmente eu demoro alguns meses pra comprar uma melissa, mas isso e porque eu vejo a coleção meses antes de lançar no SPFW!)

Mas pensando em todo o trajeto e tempo que eu levei até comprá-la, eu posso dizer que não me arrependo de absolutamente nada. Ela virou um marco na minha vida (momento emoção, genty!!) e toda vez que eu olho pra ela, lembro de todo o processo que passei para comprá-la!*suspiros*

Mas depois da primeira vez, a gente aprende a fazer mais rápido(ou não!). Então eu vou falar sobre tudo o que eu levei em consideração na hora de fazer o meu primeiro grande “investimento”!

Que grife?

Quando eu decidi mais ou menos o que eu queria, já tinha certeza de quais marcas me interessava, mas como eu só podia escolher uma (senão o marido cairia pra traz!) eu fui pesquisando mais sobre as grifes.

Não foi uma pesquisa de qualidade, porque pesquisa de qualidade e meio que inútil quando você vai investir numa grife famosa, já que ela vai ter a obrigação de fazer algo de qualidade de qualquer jeito. Ah não ser que você queira saber mais sobre a historia da fabricação, o que e totalmente legal!

Eu pesquisei sobre a historia da grife, já que eu ainda não tinha muita noção de moda na época em que eu decidi que queria a bolsa.

Hoje eu tenho uma coisa em mim que e praticamente uma questão de ética! Se eu não gosto da historia da marca, da proposta, do conceito ou até mesmo da coleção, muito dificilmente vou querer algo dela.

Na minha opinião, quando você compra uma bolsa de grife, você não esta só comprando uma bolsa! Você esta comprando e vestindo o conceito e a historia  daquela marca.

Então pesquisar sobre a grife e muito importante!

Escolhendo o modelo!

Escolher o modelo parece ser uma tarefa fácil, mas na verdade e um pouco cansativo.

Uma das coisas que eu não aconselho a fazer logo de cara (mas que muita gente insiste em fazer!) e escolher aquele modelo mas baratinho só pra dizer que tem algo da marca!

Acho que fazer isso na hora do desespero e até meio valido, mas aconselho você a olhar todas as opções e escolher primeiro pelo seu gosto, sem se importar com o preço no inicio, pra depois ver se seria possível. Quer saber porque eu penso assim? Vamos dizer que você foi gastar uma grana considerável pegando o mais baratinho da marca, que as vezes nem fez o seu gosto.  Mas aquela que você adorou, que era um pouco mais cara, só iria precisar que você esperasse mais um pouquinho juntando, para ter!

Uma dica e aproveitar esse tempo de duvida pra já ir juntando a grana, e não esperar decidir  o que quer, pra depois juntar!

Onde comprar?

Na hora de fazer a compra e preciso ter muito cuidado com golpes.

Eu particularmente queria ter certeza que a bolsa que eu estava adquirindo era verdadeira e como eu sou um pouco pé atrás com sites de venda. Quis comprar logo na loja pra nunca ter aquela duvida de: “será que não é?

Mas se você pretende se aventurar comprando pela internet e preciso tomar certas medidas para evitar os golpistas:

Dica 1: Não compre em sites de procedência duvidosa que nunca ninguém ouviu falar.

Dica 2: Cuidado com bolsas falsas! Nunca ninguém ouviu falar em bolsa nova da Louis Vuitton por 300 reais.

Dica 3: Se você puder, pesquise tudo o que puder sobre o seu produto. Como são os falsificados e como que são feitos os verdadeiros! Qualquer coisa errada e contraditória, desconfie na hora!

Vou deixar um link no final com uma pagina explicando tudo sobre falsificações!

Mas se você puder, compre direto na loja. E muito mais satisfatório e emocionante.

Ah, e ultima dica!

Peça pra presente, e bem provável que  venha em uma embalagem linda e especial!

Link sobre falando sobre bolsas falsificadas(fala sobre LV, mas muitas da dicas podem ser usadas com outras marcas também!):

http://guia.mercadolivre.com.br/aprendendo-perceber-bolsas-louis-vuitton-falsas-11442-VGP

 

 

Ano Novo, Vida Nova e Novos desejos!

2012!

Finalmente o ano mais comentado do ano de 2011 chegou! Mas de verdade, o melhor ano desde de que eu vim para o Japão foi o ano de 2011!

Eu não sei se foi pelo fato de ser o ano do coelho (meu ano no zodíaco japonês!) ou qualquer outro motivo louco por ai, mas definitivamente muita coisa boa aconteceu no ano passado.

E logico que tivemos terremotos, enchentes, varios desastres naturais e outros nem tao naturais assim, mas mesmo com toda essa tristeza, ainda foi um ano de muita superacao, evoluçao, conquistas e metas cumpridas para mim.

Eu consegui fazer varias coisas que gostaria de ter feito a muito tempo e nisso fiz descobertas maravilhosas que me fizeram pensar: “Putz, porque eu não fiz isso antes?”

• Eu fui a Osaka conhecer a cidade e a familia do meu marido.

• Viajei com meus amigos pra Tokyo pra ir a TokyoDisneyland, conhecer a DisneySea (que eu ainda não conhecia.), e conhecer Harajuku e Shibuya. Porque ate um pouco antes eu só conhecia Akihabara e Shibuya tinha sido vista de relance.

• Duas semanas depois fui de novo pra Tokyo, mas com outros amigos pra tratarmos de assuntos “Fashions”! Fomos só para conhecermos o evento do Fashion’s Night Out sem muitas expectativas e acabamos levando um caldo da onda “Fashion” que nos pegou! Vimos todo mundo, Anna Wintour, Franca Sozzani, Mitsuko Watanabe, Ai Tominaga, Anna Dello Russo, Rumi Neely, Bryan Boy, Christiane Arp, Victoria Davydova, Anaita Adajania e muito mais que eu nem me lembro mais. Tiramos foto com a maioria deles, fotos a festa da Dior, recebi presentes, fiz uma amizade nova e maravilhosa e meu, foi tanta coisa pra um dia só que parece um sonho ainda!

• Comecei o curso de Ingles de novo depois do que aconteceu na FNO e estou amando, e junto com o curso de ingles eu descobri um lugar  em que eu encanto as pessoas pelo meu jeito de ser, meus sonhos e objetivos. E bom sentir isso quando se vive tanto tempo correndo atras dos sonho, e convivendo com pessoas que não dão a mínima pra sonhos, não importa de quem seja.

• Estou aprendendo mais a me defender dos outros, de pessoas que falam coisas pra me magoar, que ignoram a minha personalidade e de todas as pessoas que não querem o meu bem.

• Descobri que existem pessoas que me amam muito, que me apóiam e rezam pela minha felicidade, enquanto umas nem tanto.

• Pra fechar com chave de ouro, passei os últimos dias do ano com amigos, familia, no meu lar e com amando o meu maravilhoso marido.

Acho que não poderia ficar melhor que isso.

E o que eu desejo pra esse ano?

Quero Paz, Amor, Conquistas, Metas Novas e ser muito, mas muito FELIZ!!!

FELIZ 2012!!

 

 

Uma pequena pausa e o espírito de Natal(ia)!!

Eu sei que dei uma sumida, mas eu vou contar o motivo e tudo mais agora, agorinha, Já!

Desde o fim de novembro eu ando trabalhando muito(incluído os sábados!), estou estudando inglês, estou muito ocupada com os preparativos de viagem da minha família aqui em casa e peguei uma gripe miserável!

Ou seja? Eu não estou tendo tempo de me inspirar com nada que eu queira e nem de passar algo pra vocês.

Eu sei que a uma parcela das pessoas não fazem a mínima questão de entender os problemas da outras pessoas, mas eu não faço questão nenhuma que elas entendam pra inicio de conversa.

Mas eu continuo estudando todo dia sobre moda e estou tendo varias idéias sobre o que fazer de legal com o blog. Então fique ligado que logo vamos ter varias novidades aqui!

Outra coisa legal e o Natal!

Natal e uma das festas mais legais do universo pra mim!(só empata com o Ano Novo e aniversario!)

Na minha visão, natal e a única época na qual você pode continuar se comportando como uma criança de 5 anos na época de natal, sem ter que se desculpar por isso!

Comer Cookies(biscoitos) com desenhos de natal, assistir desenhos com temas natalinos, tomar chocolate quente, vestir o seu pijama mais fofinho e criar um forte com cobertores e travesseiros fofos!

Então eu estou planejando falar bastante de Natal aqui nessas ultimas semanas!

E isso, vou dormir antes que eu minhas olheiras desçam até o queixo!

VIVA A MAQUIAGEM, VIVA!!!!

As vitrines da Moda!

 

Ontem eu estava conversando com uma amiga no serviço e nos estávamos conversando sobre vitrines e o porque elas são sempre montadas de uma forma que não só mostra o produto, mas que conta uma historia em cima do produto e da marca.

Eu sei que parece complicado, mas se você parar pra pensar nessas lojas que realmente tem um compromisso com o cliente, que tem orgulho da própria trajetória e historia. Eles (quase) sempre montam vitrines maravilhosas e sempre tem algo que bate com o sentimento que vem ao comprar um produto, sobre a historia, que explica o conceito da coleção daquela estação ou sobre a maneira de produzir o produto.

E eu confesso que analisar isso e muito legal!

Então eu segui o conselho da amiga e resolvi abrir essa nova seção, na qual eu vou ficar sempre na busca de vitrines legais pra vocês verem, e quem sabe mais pra frente explicar ou discutir com vocês sobre as idéias que são montadas encima das vitrines!

Então hoje eu comecei o meu projeto  e sai fotografando as vitrines das lojas da Luis Vuitton, Chanel e Miu Miu.

Abaixo vocês podem ver as fotos em tamanho médio, e se vocês clicarem nelas elas ficam em tamanho grande!

Continuar lendo